O problema da rotina

rotina-exercicios-01g

  • Eu sei, mas… sabe como é?

  • O que?

  • Eu não posso pegar o meu marido e dar uma saída “assim” com ele.

  • Porque não?

  • Tenho filhos!

  • E um casamento que está se permitindo acabar por causa deles.

  • É…

  • Você sabe, muito bem que o problema não são seus filhos. Eles tem amigunihos onde passar uma noite e pais que já te disseram que aceitam eles lá.

  • Eu sei… é que… eu reclamo, mas não consigo sair disso sabe?

  • Sei. Esta na hora de imaginar um novo futuro para vocês dois. Quero que imagine esta semana e pense, em três atividades que você irá realizar que estão fora da rotina de vocês.

  • Ai… é difícil!

  • Sim e fundamental também!

 

Rotina é ter uma programação de atividades dentro de um período de tempo afim de alcançar metas. Estas metas, em geral são importantes para nós de alguma maneira. Porque reclamamos tanto da rotina então?

A mente humana opera com três tempos: presente, passado e futuro. Cada um deles tem função importante no desenvolvimento de nossa psique. O futuro é o mundo das possibilidades. Sua função é organizar o nosso comportamento no presente em direção à algo. Ou seja, quando empregamos o futuro de uma maneira adequada sentimos motivação, esperança e desejo de ir em frente. O futuro é sempre possibilidades de coisas diferentes ou daquilo que realmente queremos.

Por ser possibilidade o futuro tem, também, um certo “escape” no sentido de que é nele que podemos sonhar como as coisas poderiam ser ou o que poderíamos fazer com nossas vidas. Esta função é importante para manter a mente criativa acesa. Não é exatamente o fato de acontecer ou não, mas, inicialmente, de ter a capacidade de sonhar e desejar. Este comportamento por si só já ajuda a pessoa a sentir-se bem consigo mesma.

O problema da rotina está quando estamos tão focados nela que o futuro perde a sua função de possibilidades. É quando a pessoa olha para o seu próprio futuro e todos os pequenos detalhes dele já estão programados. É como se ela já soubesse o que irá acontecer à ela todos os dias. Essa sensação é sufocante porque retira do futuro a sua função primordial que é de ser o tempo no qual podemos criar e/ou depositar novas possibilidades de vida.

Essa dinâmica faz com que a mente criativa da pessoa fique desligada e a lógica mantém-se apenas oferecendo mais do mesmo. O problema, é importante evidenciar, não está no “mais do mesmo” ou seja, nas atividades rotineiras, mas sim na ausência do novo e, principalmente, na impossibilidade de ousar o novo, de imaginá-lo, deixando o futuro cinza e o presente um fardo.

Ousar significa imaginar onde você irá poder quebrar o ciclo da rotina e inserir pequenos comportamentos distintos que possam fazer você ter uma experiência diferente com a vida. Algo ousado, algo engraçado, algo tranquilo podem ser saídas interessantes para você. A questão é que quando a rotina começa a atrapalhar a vida da pessoa existe um comodismo de parte dela em não se permitir mais sonhar e ousar. A vida é sua e será vivida apenas uma vez. Ouse, crie uma rotina que inclua saídas da rotina!

Abraço

Visite nosso site: http://www.akimneto.com.br

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: