Confiar nas emoções

– Quero me livrar dessa raiva!

– Como assim?

– Akim, é horrível, quando vem eu não sei o que fazer! Não consigo me controlar e começo logo a dar porrada em todo mundo… não que eu bata, mas grito sabe?

– Sim eu sei.

– E é horrível isso, eu sou uma pessoa boa, mas esses descontroles acabam comigo e com as pessoas que vivem comigo entende?

– Perfeitamente.

– O que eu faço?

– Raiva do que você tem?

– Ah, sei lá… quando começam e me cobrar por exemplo, fico muito puto!

– Entendo. Qual o seu problema com cobranças?

– Não tenho problemas!

– Bem, se não tivesse não ficaria com raiva, não é mesmo?

– Sim é que tipo… eu não entendo porque me cobram, eu já faço tudo o que é possível para fazer tudo certo!

– Uau, que pressão hein? Me parece que quando te cobram é como se tivessem te afrontando

– É bem isso!

– Mas estão, de fato?

Vamos começar assim: O que não significa confiar nas minhas emoções?

Não significa que suas emoções estão sempre certas.

Porque não?

Uma emoção é fruto de vários componentes entre eles: nossa educação, o meio em que nos encontramos, nosso humor num determinado momento, nossas crenças e as respostas que aprendemos a dar em determinadas situações. Portanto a emoção não é “pura” como se costuma pensar, ela é composta por vários fatores inclusive a interpretação do que está acontecendo e o problema é que esta interpretação pode estar errada, ou que o seu humor no dia esteja “ruim” e isso afete – e afeta – a sua emoção, então sentir é diferente de “estar certo” é apenas sentir.

O que significa confiar nas minhas emoções?

Em primeiro lugar significa confiar na ideia de que a sua emoção está dizendo algo para você sobre como você está vivendo uma dada situação. Significa assumir a responsabilidade pelo que está sentindo e buscar fazer algo com isso. Significa construir uma relação íntima entre você e o que você sente, aprendendo diariamente com as suas respostas emocionais e com o que você faz com elas. É a construção de um saber.

Confiar significa aceitar que se está sentindo o que está sentindo. Quando aceitamos damos valor à nossa percepção, podemos usá-la. Quando negamos o que sentimos estamos deixando de lado nossa percepção e não damos o tratamento adequado à ela.

Além de aceitar aprendemos a conversar com nossa emoção para checar o que estamos sentindo. Muitas vezes é necessário entender o que está causando a emoção que estamos sentindo. O medo, por exemplo sempre nos alerta sobre algo que não sabemos como lidar. É importante dar ouvidos à ele e nos certificarmos de que, de fato, não sabemos lidar com o que nos causa medo. A raiva tem a ver com a sensação de estarmos sendo violados ou agredidos em princípios básicos de nossa integridade e é importante checar para ver se isso está ocorrendo ou se estamos apenas de mau humor naquele dia.

Quando conseguimos aceitar e checar a adequação de nossas emoções estamos dando valor e crédito ao que sentimos o que nos permite ter uma atitude mais forte quando for o momento de agir. Escolher como reagir à emoção que sentimos é fundamental para aprendermos a confiar em nossas emoções. Pessoas que explodem quando sentem raiva, por exemplo, em geral não gostam de sentir raiva e não confiam muito nela porque suas reações, em geral, não dão bons frutos. Já uma pessoa que sabe se defender de forma adequada percebe a raiva de uma forma completamente diferente e ela se torna uma aliada. O mesmo com o medo: para aqueles que se paralisam diante do medo ele é algo ruim, mas para aqueles que usam a percepção para aprenderem e irem além o medo é bem vindo, serve como proteção.

Aceitar, checar e se comportar de uma forma integrada geram a sensação de confiança porque os resultados passam a ser adequados para a pessoa. E de posse de bons resultados as emoções passam a ser vistas como algo bom, um alerta que nos damos para colocar nossa vida numa rota melhor.

Abraço

Visite nosso site: http://www.akimneto.com.br

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: