Irritação

– Ando muito irritada

– Com o que?

– Com tudo!

– Hum… está sensível é?

– Não, irritada!

– Pois é, mas para estar irritada tem que estar sensível à algo – ou à tudo – senão não fica irritada não é?

– Hum…

– O que será que está deixando você sensível?

– Eu fico olhando as pessoas e estou de saco cheio, ninguém consegue falar nada de verdade sabe? É sempre um mimimi, mas na hora ninguém se coloca de verdade

– Hum… e quem anda enganando você?

– Quem? Ninguém…

– Porque te incomoda isso nas pessoas então? O que está te pegando de verdade?

– Ai… Meu Deus!… To meio sacuda da vida…

– Ah!

– É to sacuda

– Mas isso já faz tempo…

– Mas agora eu estou sacuda de verdade… não aguento mais, preciso mudar alguma coisa, mas como não faço nada fico assim sabe?

– Ah… claro que sei… que tal vermos por onde você poderia começar a fazer algo para você?

– (Fica me olhando com os olhos cheios de lágrimas)

Irritação é uma sensação que temos sempre que algo nos incomoda. Embora óbvio, geralmente esquecemos disso.

O ponto chave é ir atrás deste “algo” que nos incomoda.

Irritação não é uma causa, é um sintoma, por isso devemos prestar atenção à detalhes de nossa vida quando estamos irritados. O que está acontecendo em nossa vida que nos deixa mais sensíveis, vulneráveis, alertas? Toda a irritação possui um excesso de foco em detalhes, estes detalhes ao mesmo tempo que nos irritam também estão nos dando a dica do sobre o que estamos irritados.

No exemplo acima, a pessoa estava reclamando muito sobre a “honestidade das pessoas”, a atenção estava hiperfocada nisso. Ela dizia coisas como “na hora da vamos ver, ninguém se coloca” mostrando que a sua atenção estava ali. Bem, das duas uma: ou alguém estava sendo desonesto com ela ou ela estava sendo desonesta consigo. No caso, deu a segunda opção.

Costumo fazer a analogia da irritação psíquica com a irritação da pele. A nossa pele só se irrita quando uma substância que causa dano à ela a toca ou então quando nosso sistema imunológico tem uma hiper-reação (hiper sensibilidade) à um determinado tipo de substância. Assim sendo a mente também cria uma hipersensibilidade à algum tipo de situação, comentário ou comportamento e passa a ficar irritada com aquilo.

Se você é muito irritado, perceba onde a sua atenção se foca, quais são os detalhes aos quais você se atém o que irrita mais você. Entenda que isto só te irrita porque, de alguma forma você é sensível, ou “alérgico” à isso e, desta forma é importante de se perguntar  o que de seu existe nisso que te causa a irritação. A partir disso você pode começar a cuidar disso que lhe irrita de uma forma mais “direto ao ponto” ao invés de ficar apenas reclamando e brabo com o que te causa a sensação.

Abraço

Visite nosso site; http://www.akimneto.com.br

2 Respostas

  1. Eu adorei esse post, gosto muita da forma que o senhor conduz as consultas. Espero realizar esse trabalho um dia. É de suma importância que consigamos enxergar o problema de fora, sem o sentimento e analizarmos as causas de nossas frustrações.
    Eu fico irritada facilmente, é interessante perceber que isso é um sintoma e não a razão objetiva, olhar para o foco principal é de certa forma assustador, mas sempre trás uma liberdade.
    Obrigada pelos esclarecimentos, pela dedicação com o blog, particularmente ajuda bastante.

    Curtir

    • Oi Nayara!
      Que bom que o post te ajudou!
      Pegou o fio da meada, parabéns: a questão com a irritação é tratar o que – dentro de nós – é sensível ao que nos causa a irritação. E não culpar a irritação em si como causa quando ela é um sintoma.
      Abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: