Aceitação

– Preciso praticar a auto-aceitação Akim…

– Opa, que legal, o que você tem dificuldade de aceitar?

– Como assim?

– Ora, se você precisa praticar a auto-aceitação tem coisas em você que você não aceita não é?

– Hum… verdade… sabe… não sei direito, mas eu tenho dificuldade de dizer “não”, só que eu acho isso horrível em mim.

– Entendi…

– Eu acho que eu deveria ser uma pessoa bem diferente, colocando limites em todos e tal, mas de verdade… sou um bundão.

– (risos) Ah é é? Sei… bem, vamos lá… você consegue perceber situações nas quais você é “bundão”?

– Sim… várias…

– Então consegue reconhecer, perceber e validar que isso faz parte do seu comportamento, de você?

– Sim… acho que sim…

– Ótimo, isto é aceitar.

– Mas eu não gosto disso!

– Aceitar é uma coisa, concordar é outra.

– Hum… então eu não concordo com isso!

– Show, o critério que você me disse que queria expressar era colocar limites em todos! Isso é sempre possível?

– Não muito… às vezes é mais difícil.

– Sim, ao invés de pensar em você como um bundão, como você poderia pensar quando não consegue, visto que é muito difícil mesmo?

– Poderia pensar que tenho o que aprender ainda?

– Pode, como seria se você pensasse isso quando não consegue dar limites ao invés de se ver como um bundão?

– Bem melhor… consigo aceitar e concordar… Assim… em partes, sei que não é errado, mas quero fazer diferente ainda entende?

– Sim, e como te parece esta solução? Melhor que antes?

– Bem melhor mesmo… tira um peso das costas!

Existe uma diferença entre “aceitar” e “concordar”. Muitas pessoas fazem confusão com estas duas nomenclaturas.

Aceitar consiste em perceber algo que está ali da forma que está. Envolve o uso da percepção e da validação. Observo algo e valido que aquilo existe, literalmente coloco o na coisa percebida o valor de “real”, “existente”.

Concordar tem a ver com critérios. Envolve perceber algo, validar algo e avaliar de acordo com critérios pré-estabelecidos se gosto ou não daquilo, se concordo ou não com aquilo, se me faz bem ou não e por aí vai.

Quando falamos em “nos aceitar” estamos trabalhando com a noção de perceber comportamentos, sentimentos, pensamentos e atitudes que temos. Aceitar a forma pela qual vivemos a vida, nossas potencialidades, limitações, frustrações, coisas que gostamos, que não gostamos. Enfim, aceitar tudo o que percebemos de nós e em nós. Por esta razão quando dizemos “me aceitar” precisamo compreender do que estamos falando, pois não conseguimos captar o todo que somos com nossa razão.

No entanto, “aceitar” não significa gostar, concordar e querer manter. Podemos aceitar coisas em nós que não gostamos. Aceitar significa perceber, gostar significa avaliar. Sem a aceitação não é possível a avaliação, porém é importante avaliarmos de forma adequada para não reprimir algo que não gostamos.

Quando nos referimos à sermos aceitos pelos outros precisamos ter estes dois conceitos em mente, pois é possível que nos aceitem e que não gostem da forma pela qual agimos. A pessoa aceita o seu comportamento, ela o percebe e reconhece, mas não o valida. Aprender a lidar com esta dimensão da questão ajuda muito a pessoa a aprender a se relacionar e a lidar com aceitação ou rejeição.

Abraço

Visite nosso site: http://www.akimneto.com.br

2 Respostas

  1. Aceitar não sinonimiza concordar…Há coisas que aceitamos por não podermos modificá-las…Em certos casos até poderíamos,porém, nos falta coragem… Receamos… O perfil do outro deve ser respeitado…Visão holística?…

    Curtir

    • Oi Samuel!
      A aceitação tem a ver com o fato de perceber a coisa tal como é, sem intenção de modificá-la ou julgá-la. É uma atitude de descrição do que há.
      Somente descrevendo o que há podemos julgar, intervir, pensar sobre, desejar mudar ou não, verificar a possibilidade dessa mudança ou não.
      Aceitar o perfil do outro significa isso: descreve-lo tal como é. Respeitar significa que eu vou seguir os limites que o perfil do outro possui.
      Visão holística é outro tema, significa perceber o mesmo ponto de todas os pontos possíveis, entender que um tema está ligado com outros, a aceitação neste caso significa descrever todas essas relações.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: