Nova fase

– Eu fiz o que eu não devia ter feito.

– O que foi?

– Voltei lá.

– Hum…

– Não sabia direito o que fazer sabe? Daí acabei indo lá de novo e daí adivinha né? Mesma coisa de sempre…

– Claro, tu já sabe como é lá não sabe?

– Sim sim…

– Então, o que você está precisando? Você já sabe que aquilo lá não vale mais à pena para você, aquele lugar com aquelas pessoas, portanto…

– Preciso aprender a ir num lugar novo né?

– Isso, ter novas metas!

– Então me dê uma ajuda!

– Claro, vamos lá!

Terminar uma fase e começar uma fase nova é um trabalho psíquico e emocional.

Se você não sabe realizar este trabalho é muito provável que faça escolhas inadequadas, repita as mesmas escolhas ou volte à opção anterior. Para evitar isso escrevi este post baseado em experiências de clientes. Não pretendo ser exaustivo aqui, mas estas linhas gerais irão ajudar muito você à ir para uma nova fase.

O primeiro trabalho é verificar tudo o que ocorreu de bom e que você quer manter para a próxima fase. É importante fazer um levantamento das coisas positivas e torná-las – quando possível – um critério para a próxima fase esta é uma forma de manter o seu compromisso com a evolução pessoal.

O segundo passo é verificar tudo o que você não fez de adequado para não repetir. Aqui um adendo é importante pois é exatamente neste quesito que você pode vir à buscar uma terapia. O que você fez de bom e sabe como fez é só repetir o comportamento, mas aquilo que fez e não gostou talvez se torne um desafio, se precisar, busque ajuda!

O terceiro passo é projetar o que você vai querer. Este é um momento em que você pode estar sem idéias, sem perspectiva. Esse momento é o “mais perigoso”, porque? Pois o “vazio” é sentido de uma forma mais forte e aqui a pessoa pode querer se apressar para não sentir mais isso, ao fazer isso ela faz escolhas indevidas – ou leva sorte. O principal ponto aqui é você conter o vazio – conter é diferente de reprimir – para poder desejar algo novo. Desejar é algo que leva um certo tempo, ele é criado aos poucos e não rapidamente dentro de nós. É o que Keleman chama de “incubação”, incubar o “vazio” para gerar o desejo. Este passo é fundamental para ir para uma nova fase. Aqui também você pode vir a desejar a ajuda de um profissional para te guiar no processo.

Estes três passos simples vão ajudar você a aprender como gerar um desejo autêntico para ir em busca de novas aventuras em qualquer área da sua vida.

Abraço

Visite também o nosso site: http://www.akimneto.com.br

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: